Editorial 001/2011

 
 

 

É evidente o fascínio que o Japão exerce sobre os brasileiros, em geral, e, principalmente sobre os jovens.
Aqui mesmo, em Florianópolis, temos muitos fãs de manga, games, anime, samurais, ninjas, artes marciais,
espadas, enfim, uma variedade de opções para adentrar este mundo.
A partir da história que nos liga à Ishinomaki e está relacionada com o veleiro Wakamiya-maru, nos sentimos cada vez mais próximos do Japão, o que nos impele a divulgação e a realização de eventos que envolvem a cultura japonesa.
Apesar de gostarmos, nem sempre temos a oportunidade de contemplar alguns aspectos da cultura. Um exemplo disso, é o pouco conhecimento que as pessoas têm sobre cerimônias belíssimas como por exemplo: o Tooro Nagashi, a Cerimônia do Chá, dentre outras.
Observando o cenário, a Associação Wakamiya-maru Ilha Santa Catarina - AWISC, em parceria com outras entidades, realizou entre os dias 16 a 22 de dezembro de 2011,  a "I Semana Estadual da Amizade Brasil Japão", a qual proporcionou a participação e visitação da comunidade e pessoas de outras regiões do Estado e até do país. Os eventos tiveram lugar na Assembléia Legislativa do Estado de Santa Catarina, no Museu da Escola Catarinense e no canal da Barra da Lagoa da Conceição.
No Museu Escola Catarinense, o evento atraiu centenas de pessoas, desde a manhã até a tarde. O público era em sua maioria adolescente; mas podia-se visualizar a presença de pais e pessoas mais velhas no local. Durante todo o dia de sábado e domingo houveram muitas atrações para diversas faixas etárias: Palestras sobre "Meio Ambiente e produção de Mel de Abelhas", desfile de cosplays, karaokê, concurso de ilustrações, concurso de melhor cosplay, workshops de Origami (arte de dobrar papéis) e Furoshiki (Arte de fazer embrulhos) apresentação do Chanoyu (Cerimônia do Chá), demonstrações de Kendo-Kenjutsu (Arte da espada Samurai), Iaijutsu (Arte de manusear a espada Samurai) e Jojutsu (Arte do Bastão), com a participação do Senpai Fujimura, pelo Instituto Niten.
Durante todo o evento havia uma sala disponível com cinema, exibindo filmes japoneses. Um atração que fez a alegria do público jovem, foi a sala com vídeo games, onde foram possíveis muitos bons momentos de diversão.
O evento também contou com a presença de bandas do J-POP, Kaze no Chisakura e The Kira Justice.
Havia também, expostos no espaço do museu, banners da AWISC contando um pouco da epopéia vivida pelos tripulantes do Wakamiya-maru e da Nipo cultura mostrando outros aspectos da cultura japonesa, informativos sobre o terremoto e tsunami que atingiram a cidade de Ishinomaki em 11 de março de 2011; provocando a morte de 3097, o desaparecimento de 2770 e a perda material entre as quais as casas de 29000 pessoas.
Em homenagem a essas vítimas, a Semana da Amizade encerrou o evento de forma inesquecível: com o lançamento de dezenas de lanternas na água (barquinhos), o Tooro Nagashi...

O lançamento dos pequenos barquinhos iluminados deu-se no canal da Barra da Lagoa, foi, um momento sublime e muito bonito. Os diretores da AWISC e demais colaboradores, haviam ficado a espreita do anoitecer da quarta feira, com as lanternas preparadas, com algumas expondo a escrita em japonês; para os observadores que apinhavam o Deck e as mesas dos restaurantes ao longo do canal, para as pessoas, o impacto surreal que as lanternas proporcionaram ao deslizar na corrente foram os momentos mais mágicos que lhes havia ocorrido ao longo de suas vidas, dentre essas, um senhor improvisou um discurso em agradecimento aos céus.
Foi o primeiro Tooro Nagashi de Florianópolis e possivelmente do Estado.

 

Por: Camila Silva de Souza